Site da Serra

Domingo, 16 de Junho de 2024
MENU

Notícias / Espírito Santo

Junho Traz Mudanças Climáticas no Espírito Santo e Sudeste

Transição Entre Outono e Inverno Promete Temperaturas Abaixo da Média e Chuvas Atípicas nas Regiões Interiores

Junho Traz Mudanças Climáticas no Espírito Santo e Sudeste
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O mês de junho, tradicionalmente marcado pela transição entre o outono e o inverno, promete trazer temperaturas abaixo da média e chuvas no interior do Espírito Santo. A Climatempo, empresa especializada em meteorologia, prevê um período com condições climáticas distintas devido à influência de fenômenos naturais.

Com o fim do El Niño, o Brasil encontra-se atualmente em uma fase neutra no Pacífico Equatorial. Este período de transição é crucial, pois existe a possibilidade de o inverno terminar sob a influência do La Niña. Diferente do El Niño, o La Niña se caracteriza pela diminuição da temperatura da superfície das águas do Oceano Pacífico Tropical Central e Oriental, impactando significativamente o clima global.

Previsão para o Espírito Santo

No Espírito Santo, a presença de um ar seco deve provocar uma queda acentuada de temperatura durante as noites, especialmente no interior do estado. A chuva, por sua vez, deve se manter dentro da normalidade no sul capixaba. Embora o inverno oficialmente comece no dia 21 de junho, até essa data as temperaturas diurnas devem permanecer ligeiramente acima da média esperada. O clima mais característico do inverno, com noites frias, será mais perceptível nas cidades do interior do Espírito Santo.

O Climatempo também prevê condições semelhantes para outras regiões do Sudeste. O interior do Rio de Janeiro e de Minas Gerais deve experimentar uma situação parecida, com temperaturas noturnas mais baixas e chuvas abaixo da média em algumas áreas. Já o estado de São Paulo poderá enfrentar frentes frias ao longo do mês de junho.

"O estado de São Paulo terá um junho marcado por ar seco e mais quente. Embora não tão quente quanto maio, bloqueios atmosféricos persistentes, porém menos intensos, ainda ocorrerão, permitindo a chegada ocasional de frentes frias e ar frio. Algumas áreas entre Minas, interior do Rio De Janeiro e do Espírito Santo devem ter chuvas também abaixo da média e temperaturas entre a média e um pouco abaixo nessas áreas", informou o Climatempo.

Com essas mudanças climáticas previstas, os moradores das regiões afetadas devem se preparar para um inverno atípico, com variações significativas nas temperaturas e padrões de precipitação.

Comentários:

Responderemos assim que possível.