Site da Serra

Quarta, 10 de agosto de 2022
MENU

Espírito Santo

Quanto custa o carregamento de um carro elétrico no Espírito Santo?

Vem saber como fazer esse cálculo

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os carros elétricos estão se tornando cada vez mais presentes no Brasil e no mundo, e com isso começam a surgir dúvidas importantes, relacionadas ao carregamento e ao custo de recarga da bateria desses veículos.

Os espaços públicos estão de olho nessa expansão da mobilidade elétrica, e por isso, a infraestrutura de carregamento para veículos elétricos vem crescendo com a instalação de eletropostos e pontos de carregamentos em diversos lugares, como rodovias e shoppings.

Mas, apesar dessas iniciativas, os donos de carros elétricos também têm a opção de recarregar seus veículos em casa, apenas com um carregador portátil ligado à tomada ou com a instalação de um ponto de carregamento doméstico. Mas a dúvida que fica para quem ainda não tem um modelo elétrico é: quanto custa o carregamento de um carro elétrico?

A Jeep tem um grande exemplo de eletricidade, desempenho e  economia: o Jeep Compass 4xe plug-in, novo modelo híbrido da marca. Francisco Braga, gestor de vendas da Vitória Motors Jeep, conta que para fazer o cálculo de quanto custa o carregamento de um carro elétrico é muito simples.

"Basta multiplicar o valor KWh da bateria do carro pelo preço do KWh da companhia de energia elétrica. O Compass 4xe, por exemplo, tem uma bateria de 11,4 KWh. Ele possui uma autonomia, no modo elétrico, de 44 quilômetros. O preço médio do KWh no Espírito Santo é de 0,33 centavos. Então, basta multiplicar 11,4 KWh por 0,33 centavos e terá o resultado de quanto essa carga irá custar na sua conta de energia, que neste caso é R$ 3,76. Em comparação com a gasolina, seriam gastos R$ 15 para fazer os mesmos 44 km", explicou.

Os carros elétricos ainda estão pouco acessíveis no Brasil, com uma média de preços na casa dos R$ 180 mil por modelo. Mas, em comparação com os carros a combustão, sua economia mensal chega a ser mais de cinco vezes maior.

Um veículo elétrico gasta mais ou menos R$ 0,08 por quilômetro rodado, enquanto o movido a combustível gasta em média mais de R$ 0,50. Outra grande vantagem é a manutenção bem mais simples e é realizada por um período bem mais do que os carros convencionais.

Créditos (Imagem de capa): Divulgação

Comentários:

Responderemos assim que possível.