Site da Serra

Segunda, 27 de junho de 2022
MENU

Coluna

As festividades de Corpus Christi na Serra

Você sabia que os tapetes de Corpus Christi de Barcelona são o segundo maior do Espírito Santo?

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O dia de Corpus Christi é uma tradição católica de origem portuguesa trazida ao Brasil na época da colonização. Para os católicos, a quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade é dia de celebrar o Corpo de Cristo.

Uma das tradições desse dia são os famosos tapetes feitos na madrugada pelos fiéis que buscam mostrar elementos e passagens bíblicas que representam o sacramento do corpo e do sangue de Cristo. Aqui na Serra não é diferente: as paróquias católicas fazem seus tradicionais tapetes pela cidade. Bairros como Bairro de Fátima, Morada de Laranjeiras e Parque Residencial Laranjeiras não ficaram de fora dessa celebração.

O destaque vai para o bairro Barcelona, onde ocorreu a maior celebração de Corpus Christi na Serra. Após dois anos sem um evento presencial no feriado católico de Corpus Christi, esse tradicional bairro serrano apresentou o segundo maior tapete do estado do Espírito Santo com aproximadamente 1,4 km de extensão, ficando atrás apenas dos famosos tapetes do município de Castelo, com 1,5 km.

A festividade de Barcelona contou também com show musical e apresentação para as crianças e teve a ajuda de voluntários, o apoio da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer (SETUR) e foi organizada pela Paróquia dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria (@matrizscj). E como não poderia ser diferente, o Descobrindo a Serra esteve presente prestigiando todo o evento.

Assim como Castelo, a Serra também tem condições para receber visitantes de várias partes do estado atraídos pelos seus lindos tapetes, potencializando nosso roteiro turístico religioso, que já conta com santuário das Formigas Bordadeiras, a igreja dos Reis Magos, a igreja de São João Batista, a igreja Nossa Senhora da Conceição, as ruínas da igreja de São José do Queimado e com os festejos de São Benedito e São Sebastião que ocorrem em diversos bairros.

O turismo religioso faz bem para a fé, para a alma e para a economia de todo município. Quanto mais eventos e investimentos tivermos nesse seguimento do turismo, melhor para toda a sociedade.

Venha conhecer a Serra e o nosso turismo religioso com o Descobrindo a Serra!

Fonte/Créditos: Ítalo Severo, Joyce Rigo, Wagner Scopel | @descobrindoaserra

Créditos (Imagem de capa): Divulgação/DAS

Comentários:

Responderemos assim que possível.